Por: Redação

5 de abril de 2022 Empreendedorismo, Sem categoria Nenhum Comentário
Tempo de Leitura: 4 minutos

O que faz o analista de CRM? Qual a importância dele para sua empresa? Como contratar um?

Você pode achar difícil encontrar um bom profissional da área de gestão de relacionamento com o cliente. Mas, saiba que existem muitos profissionais que já possuem experiência no setor e eles podem somar muito com a execução do planejamento estratégico da sua empresa.

Mas, afinal, como contratar um? O que faz o analista de CRM? Qual é a sua importância nos processos operacionais de vendas e marketing?

Descubra as respostas para essas perguntas neste texto e veja ainda um passo a passo para uma admissão mais assertiva e condizente com as necessidades corporativas.

O que faz o analista de CRM?

O analista de Customer Relationship Management (CRM) é responsável por acompanhar e mensurar comportamentos e perfis de clientes, além de estudar a concorrência, o mercado e novas formas de aperfeiçoar o relacionamento com consumidores e a captação de leads.

Assim como um profissional de Business Intelligence (BI), ele tem uma visão analítica para interpretar dados e informações por meio de métricas e índices de performance tanto dos clientes quanto da equipe comercial e de marketing.

Com suas análises completas do cenário atual da empresa, o que faz o analista de CRM ser tão importante para os negócios é justamente as suas sugestões e visões que ampliam o desempenho de campanhas de marketing digital e formas de negociação e educação de novos clientes.

Afinal, com o uso de sistemas de CRM modernos, esse profissional acompanha de perto dados de campanhas, satisfação de clientes e resultados de testes realizados para melhorar a qualidade da entrega ao consumidor final, seja ele pessoa física ou jurídica.

O analista de CRM pode ainda realizar disparos de e-mails com segmentação de público, criar previsões de compra e retorno, elaborar planos de viabilidade financeira e de monitorar dados e ainda gestão de todo o fluxo das operações de marketing.

Quais são as características do analista de CRM?

Assim como cada função dentro da organização, o analista de CRM precisa ter um perfil específico para ser bem-sucedido na área.

Geralmente ele precisa ser formado em marketing, administração, publicidade ou propaganda ou alguma área relacionada à tecnologia. Pois, o que faz o analista de CRM na rotina de trabalho é usar HTML, web analytics, Google Analytics, softwares de dados e ferramentas de automação.

Além disso, é bom ter conhecimento em inglês, já que muitos desses programas são nesse idioma.

Já sobre as soft skills, o analista de CRM precisa ter:

  • perfil analítico;
  • data-driven: facilidade e habilidade com números, métricas e análises de dados;
  • ótimo raciocínio lógico;
  • organização e disciplina;
  • proatividade;
  • foco em resultados;
  • autonomia.

Se a vaga a ser preenchida na sua empresa for de analista pleno ou sênior, é indicado que o analista de CRM tenha alguma experiência na área. Caso seja para um cargo júnior ou de estágio, é indicado que o profissional tenha pelo menos alguma vivência com relatórios e acompanhamento de métricas.

Por isso, pode-se pedir requisitos como monitoramento e análise de dados e campanhas, fluxos de automação, estratégias e disparo de e-mail marketing, tracking, segmentação de público, funil de vendas, Big Data, técnicas de engajamento, softwares de relacionamento com clientes, entre outros.

Outro aspecto a ser destacado quando o assunto é o que faz o analista de CRM e qual deve ser seu perfil, é a capacidade de gerar relatórios bem-estruturados, com insights próprios e sugestão de melhorias, métodos que dão mais resultado, formas de comunicação e atendimento mais eficientes etc.

Quanto ganha um analista de CRM?

Bem, essa resposta pode variar muito dependendo do porte e do segmento da empresa. Mas, segundo a VAGAS.com, o salário inicial de um analista de CRM fica em média de R$2.255, podendo chegar até R$6.028.

Ou seja, no Brasil, a média salarial é em torno de R$4.044. Já o estagiário de CRM pode ganhar entre R$1.000 e R$1.500.

Como contratar um analista de CRM?

Antes de começar a busca por um analista de CRM, o gestor precisa saber qual nível do profissional será necessário para somar ao trabalho da equipe. Pode ser estagiário ou analista júnior? Ou precisa ter maior autonomia e experiência, como analista pleno ou sênior?

Isso vai variar muito dependendo da maturidade da empresa, o tamanho, o tipo de produto ou serviço ofertado e a quantidade de demanda diária.

Entenda como é a rotina de trabalho e o que faz o analista de CRM na prática:

  • análise de perfis de clientes, incluindo dados pessoais, histórico de compras e padrão de comportamentos.
  • definição de personas e público-alvo;
  • análise de dados e métricas;
  • cálculo de indicadores relevantes de vendas e marketing;
  • otimização de fluxos automatizados com foco em resultados, ou seja, em conversão;
  • automação de tarefas rotineiras e repetitivas;
  • planejamento, desenvolvimento e estratégia de campanhas de e-mail marketing e outros canais de interação, como SMS, push mobile e browser push;
  • acompanhamento de resultados de campanhas e aprimoramento delas, por meio de testes A/B;
  • envio de relatórios com análises completas do cenário atual da empresa e do mercado e sugestão de melhorias.

Agora, vamos ver o passo a passo para recrutar um ótimo profissional de CRM e aumentar as vendas e a fidelização de clientes do seu negócio? Confira abaixo.

Passo a passo para contratação

  1. Entenda a demanda atual da empresa.
  2. Estude as tendências do segmento de atuação do seu negócio.
  3. Defina uma persona, um perfil ideal de profissional de CRM, com detalhes minuciosos;
  4. Determine o volume de trabalho e a função completa do analista: o que ele fará? Ele precisará elaborar uma estratégia de CRM do zero ou já existe essa área na sua empresa?
  5. Passe as informações ao setor de RH ou, caso a sua organização seja pequena, organize sua agenda para realizar o processo seletivo.

Nota-se que esse profissional é essencial para potencializar as vendas, certo? Ele oferece todo um suporte para tomada de decisões e possíveis melhorias a serem feitas na gestão de relacionamento com o cliente.

Se a sua empresa é pequena, pense no lado positivo de entender o que faz o analista de CRM e contratar um: o grande diferencial competitivo dos negócios de pequeno porte é a qualidade no atendimento e na conexão gerada com o cliente.

Sua empresa precisa contratar um analista de CRM? Ela já possui um software de CRM de qualidade e moderno que atenda às necessidades corporativas e dos clientes?

Este artigo foi escrito por Júlio Paulillo, Co-founder e CRO do Agendor, uma plataforma de CRM que atua como um assistente pessoal para equipes de vendas, dando visibilidade e controle na gestão desde o primeiro dia de uso.