Por: Redação

3 de novembro de 2022 Sem categoria Nenhum Comentário
Tempo de Leitura: 4 minutos

O marketing digital começa com a atração de pessoas. Se você não conseguir trazer o público certo para o seu canal digital, não terá resultados.

Durante muito tempo, a principal forma de chamar a atenção de potenciais clientes era através do pagamento. Mas com o desenvolvimento da Internet, isso mudou para melhor.

O tráfego orgânico é o principal objetivo de muitas empresas que investem na criação de estratégias de aquisição de clientes digitais.

Mas o que é o tráfego orgânico?

Todas as visitas recebidas pelos canais digitais, como o site ou blog de uma empresa, são chamadas de tráfego. O tráfego orgânico nada mais é do que o tráfego que vem espontaneamente sem o uso de publicidade. Geralmente esse tipo de tráfego vem de mecanismos de busca como Google e Bing.

Você não pode dizer com certeza que o tráfego orgânico não envolve nenhum custo, pois estratégias para atrair visitas custam dinheiro e tempo.

Mas a principal diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago é que você pode obter resultados por muito tempo depois de gastar dinheiro uma vez.

A postagem no blog que você faz leva tempo e dinheiro, mas pode render resultados hoje e daqui a um ano. Enquanto isso, os anúncios persistirão enquanto você pagar.

Se você já visitou o painel do Google Analytics, deve ter visto vários nomes de tráfego diferentes.

Basicamente, como mencionado acima, o tráfego é dividido em tráfego pago e tráfego orgânico. Mas a terminologia utilizada ajuda a entender mais especificamente como um determinado visitante chega a cada página.

Além do tráfego orgânico, vale citar alguns outros tipos de tráfego:

  • O tráfego pago atrai visitantes ao colocar anúncios em sites que o Google ou seu público frequentam.
  • O Tráfego direto é quando uma pessoa visita seu site diretamente, não de outro site. Ainda é um tráfego orgânico porque não é de uma fonte paga.</>
  • O tráfego socia é uma visita de uma rede social, comum onde são compartilhados links nesses canais que direcionam o tráfego para um site.</>
  • O tráfego de referência é quando alguém visita uma página de qualquer site que não seja um mecanismo de pesquisa. </>Por exemplo, é isso que acontece com backlinks para artigos em seu blog.

Como posso gerar o tráfego orgânico?

Se você não sabe como fazer tráfego orgânico, não se preocupe. É possível com o marketing de conteúdo, sendo um dos pilares do marketing digital. Hoje, a geração de tráfego orgânico dificilmente acontece sem algum tipo de conteúdo que interesse aos usuários.

Então, se você quer alcançar visitantes qualificados sem recorrer a recursos pagos, saiba como funciona o marketing de conteúdo e o que você precisa fazer para aplicá-lo de forma consistente.

SEO (Search Engine Optimization) também é um meio de gerar tráfego. Isso é a otimização para mecanismos de busca. Isso significa tornar mais fácil para o Google encontrar seu site.

Assim como o marketing de conteúdo, o SEO é uma excelente estratégia, mas requer tempo e disciplina. Dependendo da aparência do seu site hoje, muitas alterações são necessárias.

Mas não há dúvida de que os esforços valem a pena: um site bem visto pelo Google é um forte candidato a gerar tráfego orgânico.
Por fim, construir relacionamentos com as pessoas que visitam seu conteúdo é a única maneira de transformar visitantes simples em leads e, posteriormente, clientes.

O email marketing é um dos melhores canais para cultivar o interesse de um público cativo com conteúdo atualizado e relevante.

E, com uma lista de e-mail, é mais fácil atrair visitantes para seu conteúdo do que apenas promovê-lo na web.

Quais os benefícios do tráfego orgânico?

Primeiro, o tráfego orgânico ajuda a reduzir o custo de uma estratégia de marketing em comparação com o uso de publicidade.

Portanto, a margem de lucro nas vendas é maior. Com isso, você pode dizer que a relação custo-benefício do tráfego orgânico é incomparável.
Os anúncios não são escaláveis. Quando você parar de gastar dinheiro com eles, seu tráfego diminuirá.

Além disso, o custo de atrair um grande número de visitantes qualificados pode ser esmagador. Para o tráfego orgânico, o oposto é verdadeiro: quanto mais visitas, menores serão seus custos.

O Google mostra quando o resultado é um anúncio pago. Assim, os usuários já sabem que a página em questão está tentando vender algo para eles, o que reduz a confiança nas informações fornecidas.

Por sua vez, os resultados orgânicos são vistos como reais e ganham maior credibilidade desde o início.

A duração dos resultados da estratégia orgânica não tem data de validade.

Uma postagem de blog pode gerar milhões em vendas por um longo período de tempo, o que é quase impossível em comparação com o custo de manter uma campanha de tráfego pago em execução.

O tráfego pago tem seu valor, mas é melhor para quem quer vender logo. Para construir relacionamentos fortes e acompanhar os clientes durante todo o processo de compra, o tráfego orgânico é a melhor opção.

Com tudo isso, agora você sabe o que é o tráfego orgânico, quais os seus benefícios e ademais como gerá-lo.