Por: Bruno Guerra

25 de setembro de 2020 Negócios Nenhum Comentário

A pandemia causada pelo novo coronavírus mudou o modo de trabalhar de inúmeras pessoas, principalmente por causa da alta adesão ao home office. Com isso, a liderança no trabalho remoto passou a ser um aspecto ainda mais importante e necessário para as empresas.

Isso porque, em qualquer organização, os líderes são peças fundamentais para a gestão de pessoas, para manter o clima organizacional e auxiliar colaboradores, de modo que estes tenham um ótimo desempenho.

Sendo assim, levando em conta este novo contexto, como se adaptar para esses novos tempos? O que fazer para que essa transição entre o trabalho presencial e o trabalho remoto seja alcançada com excelência? É sobre isso que iremos falar no artigo de hoje!

Portanto, continue acompanhando a leitura com atenção e descubra como ser um ótimo líder em sua empresa!

Liderança no trabalho remoto

Cenário atual e ações necessárias

Para muitos profissionais no mercado de trabalho, o momento que estamos passando é de muita incerteza, medo, ansiedade e insegurança.

Por isso, é essencial que o líder busque maneiras para manter elevado o moral das pessoas, ou seja, é importante estar próximo, conversar com os colaboradores (e não só sobre assuntos relacionados ao trabalho), pedir feedbacks e acolhê-los, para que assim a equipe mantenha-se integrada, engajada e cooperativa.

Mais do que nunca, as empresas precisam do trabalho em equipe e da união para superarem os desafios e alcançarem as metas e os objetivos estabelecidos.

E para isso acontecer, é fundamental que o líder:

  • Atribua metas (realistas) e atividades considerando competências e engajamento;
  • Ofereça recursos e disponibilize informações;
  • Observe os processos com muita atenção e faça ajustes se necessário;
  • Converse e faça reuniões de acompanhamento;
  • Exercite a escuta ativa;
  • Reconheça necessidades;
  • Ajude a montar planos de ação;
  • Mantenha os colaboradores informados sobre as estratégias e decisões da empresa;
  • Proponha o desenvolvimento;
  • Ensine e faça perguntas;
  • Crie um senso de propósito;
  • Invista em treinamentos, caso necessário;
  • Demonstre segurança;
  • Esteja disponível;
  • Encoraje a decisão e a ação;
  • Tenha bom senso (por exemplo, não ligar ou chamar um colaborador no WhatsApp fora do horário de trabalho);
  • Utilize ferramentas tecnológicas como aliadas;
  • E cuide de si mesmo, para que assim possa ajudar as outras pessoas.

Dessa forma, o líder passa mais confiança aos colaboradores, gera união, engajamento e proporciona agilidade para que os processos possam ser executados da melhor maneira possível.

Além disso, ainda há mais 4 pontos essenciais que merecem muita atenção dos líderes de uma empresa. Confira-os a seguir.

gestão de pessoas no trabalho remoto

Comunicação

Como tem sido a comunicação com seus colaboradores nos últimos meses? Você tem conversado com eles com uma certa regularidade? Como eles estão? Você sabe se eles estão com problemas ou dificuldades? Qual suporte que você e a empresa estão dando?

Conversar, saber mais sobre o outro, ter empatia e ajudar na medida do possível, são ações essenciais que um bom líder deve ter em sua rotina.

Isso porque, todo mundo (ou quase todo mundo) está distante agora, ou seja, você não está vendo mais as pessoas que costumava ver. 

Logo, para saber mais sobre elas é essencial que haja comunicação!

Às vezes, com apenas uma ligação, só pelo tom de voz, você já sabe se a pessoa está bem ou não. O mesmo vale para videochamadas. Como está a fisionomia da pessoa? E a expressão corporal? Será que ela está bem ou está precisando de alguma ajuda?

Fazer isso, se comunicar e ouvir, de fato, os colaboradores, demonstra empatia e valoriza mais o lado humano, algo que precisamos cada vez mais nesses tempos difíceis.

Suporte operacional

As tarefas estão sendo bem delegadas? Como está sendo o desempenho dos colaboradores? E o gerenciamento da carga de trabalho? Há um suporte para ajudá-los da mesma maneira que havia presencialmente?

Você como líder precisa avaliar e entender como está sendo para seus colaboradores trabalhar neste novo contexto.

Isso porque, muitos podem ter dificuldades para se adaptar a este novo modelo de trabalho. Logo, é importante verificar se não precisam de ajuda, isto é, se precisam de suporte operacional para desempenharem bem suas funções.

Motivação

Em tempos de crise, é normal que as pessoas fiquem mais preocupadas, receosas, assustadas e até mesmo desmotivadas.

Por isso, em seu papel como líder, o que você tem feito para motivar seus colaboradores? Você tem valorizado e reconhecido o trabalho/esforço deles?

Como líder, é de suma importância pensar nesses aspectos e colocá-los em prática, afinal, colaboradores motivados e engajados têm um nível de produtividade melhor e, com isso, os resultados tendem a seguir o mesmo caminho.

O que você tem feito ou pretende fazer para que os seus colaboradores queiram acordar de manhã determinados e focados a trabalhar? Pense nisso.

Compreensão

Por fim, outro aspecto importante para uma boa gestão do trabalho remoto é a compreensão.

Isso porque, além do trabalho em si, no home office há:

  • Filhos para cuidar;
  • Almoço para fazer;
  • Animais de estimação que querem atenção;
  • O vizinho que às vezes (ou sempre) fica fazendo barulho;
  • A internet que cai no meio de uma reunião importante;
  • O telefone que toca e é apenas alguma empresa querendo vender produtos/serviços… 

Enfim, como sabemos, há diversas situações que geralmente não aconteciam no ambiente de trabalho, mas que agora todos nós estamos sujeitos a passar. 

Por isso, ser compreensivo (a) e entender que certas coisas acontecem, é fundamental para uma gestão mais tranquila e segura.

Assim, por mais desafiador que seja, você como líder, estará muito mais preparado (a) para fazer uma ótima liderança no trabalho remoto!