Por: Redação

11 de agosto de 2021 Negócios Nenhum Comentário

A diferença entre sonho e realidade chama-se ação. Todo o negócio tem o potencial de se tornar uma marca, mas nem todos entendem a importância de investir em branding.

Para se destacar da multidão de ofertas, priorize sempre as necessidades do seu cliente, humanize o seu produto ou serviço e torne a sua marca no herói que salva o consumidor dos desafios mundanos. 

Comece com pequenos passos e torne o sonho real. O seu produto ou serviço associado a um relacionamento de longa duração, uma conotação positiva e valores humanos elevados que motivam a sua audiência e a torna seus fãs, seguidores e clientes. 

1. Determine seu público-alvo e concorrentes

Saiba para quem vai vender. O objetivo de segmentar o seu negócio é encontrar o cliente ideal para o seu negócio. Entender quem é a sua audiência é a melhor forma de chegar até ela. Comece por conhecer aspectos simples:

São homens ou mulheres? Qual a faixa etária? Qual a classe social? E continue com temas como hábitos de compra: Compram mais online ou em lojas físicas? Que preço estão dispostos a pagar? Conheça bem as suas necessidades e o que precisam para melhorar o seu dia-a-dia. Aprofunde ainda mais e conheça seus desejos e vontades. 

Igualmente importante é pesquisar sobre a sua concorrência e entender como se posicionam os outros “players” no mesmo mercado. Desta forma, pode criar uma estratégia para se diferenciar e mostrar todo o valor de seus produtos ou serviços, de forma original, ao mesmo tempo que se mantém coerente com as características do seu nicho. 

2. Crie o perfil da sua marca: design, logo e slogan

O nome da sua marca é altamente visível e deve parecer quase uma pessoa para o seu público. O seu negócio passa a significar um relacionamento e uma experiência emocional, assim que eles contactam ou pensam na sua marca.

Na escolha do nome pense bem quais as associações mentais o seu cliente vai fazer com essa palavra. Qual a origem dela? Em última análise, que história revela esse nome e, porque o seu cliente vai ressoar com ela?

Com o nome vem outro aspecto importante, a imagem. Como vai ser a sua identidade? A sua marca é quem você é.

Cuide do design certo, para que possa refletir perfeitamente a personalidade da sua marca, incorpore seus valores essenciais e faça questão de reforçar isto sempre no seu marketing digital, porque é o que o vai tornar diferente e único. 

O ambiente digital é competitivo e você quer destacar-se de forma rápida e com um retorno positivo. A relevância de um logotipo é indiscutível. Com tantas opções, você precisa que o seu logo comunique de forma clara e que seja imediatamente reconhecido como uma representação de valores elevados e de qualidade.

O ideal é que a sua marca seja a primeira a surgir na mente do público, quando ele pensa sobre adquirir um bem dentro do seu mercado. 

Definir o slogan é outro passo importante e deve estar alinhado com os princípios e objetivos da empresa, refletindo uma vez mais a essência do negócio.

O slogan é uma frase curta e facilmente memorizável, utilizado com o logotipo, representa a marca e os benefícios que oferece ao consumidor.

3. Conteúdo de qualidade e velocidade 

Tenha sempre em mente as necessidades do seu consumidor e ofereça conteúdo de qualidade, que educa, informa e o empodera a tomar a melhor decisão. Crie e diversifique as formas de interação para promover e motivar um contato próximo e periódico com a sua audiência.

Quando der as boas-vindas ao visitante do seu website procure que ele tenha uma experiência excepcional. Acima de tudo, faça com que ele se sinta bem e que as suas necessidades sejam satisfeitas em cliques de fácil acesso e com o carregamento das páginas seja fácil, de forma simples e estruturada e com uma velocidade super-rápida. 

Pesquise e encontre sobre serviços como a Hostinger, que oferecem soluções compatíveis, economicamente acessíveis e adequadas às suas necessidades. Um serviço confiável, acessível e super-rápido é fundamental na construção de um website eficiente e agradável para o usuário e indispensável para quem quer se destacar e crescer no mercado digital. 

4. Comunicação nas mídias sociais

As plataformas de mídia social são excelentes ferramentas de branding e conversação, porque permitem que você apresente uma mensagem consistente e se envolva diretamente com subseções menores de seu público. 

Mas seja real. E tenha a coragem de ser você mesmo e de aceitar que não será para todos e nem todos serão para você. Concentre a sua atenção no seu nicho, na sua família. E aposte em conhecê-los cada vez mais profundamente e a ajustar-se a inevitáveis mudanças.

Para tal, converse com eles. Motive e seja receptivo a feedback direto, criando assim o potencial ideal de evoluir constantemente, sempre ao lado deles e por eles. 

Num mundo em expansão digital, o futuro pertence a quem mantém presentes valores humanos básicos para fomentar relacionamentos duradouros, criando sentimentos de conexão e de pertencimento.

Desenvolva a sua comunicação e o seu estilo único. É um processo profundo e de grande convicção. Assumir-se tal como é e qual a sua expressão. Leva tempo, mas é o que o vai proporcionar resultados consistentes e de sucesso. 

5. Aplique os valores da marca internamente

Considere seriamente incorporar aquilo que a sua marca diz ser em todas as áreas do seu negócio. O coração da sua marca começa com os seus consumidores internos: seus funcionários e equipes. Sim, é isso mesmo. Faça realmente a diferença no mundo. Alie-se ao movimento de empresas que já dão passos para criar condições humanizadas dentro da própria empresa. 

Não seja a marca ideal só para o consumidor, aprecie seus funcionários e equipes. Implemente estratégias internas que humanizam os seus funcionários e que são sensíveis às suas necessidades pessoais. Isto sim é dar valor à sua marca e a quem no final de contas a faz estar presente no mercado. Isto vai transbordar em tudo o que é produzido para o cliente final. 

Se os seus valores são igualdade, conexão, etc, crie uma forma de relacionamento onde é seguro receber o feedback de seus funcionários, por exemplo.

Algumas empresas têm creches, espaços para yoga ou outras atividades de bem-estar ou promovem anualmente jogos de equipe e de confiança. Ouse mesmo fazer a diferença e comece por dentro. 

Conclusão

Se o branding sempre foi importante, agora é simplesmente indispensável. O mercado, embora digital, é na realidade feito de pessoas e, como seres humanos, os nossos valores básicos e necessidades parecem ser cada vez ainda mais importantes surgirem.

Quando transformar o seu negócio em marca vai inconscientemente apelar à continuidade do que nos torna humanos: conexão, sentimento de pertencimento e de valor, e propósito. 

Faça a diferença, instrua, eduque e se torne um exemplo inspirador e catalisador de mudanças positivas na sociedade. Pode confiar que isso vai trazer um retorno positivo a muitos níveis e certamente aumentar as suas vendas.

Deixe a sua marca no mundo, sendo um herói quer para o cliente, quer para os seus funcionários e colaboradores. Pense além do negócio, tenha visão mais ampla e deixe a sua marca trazer as mudanças necessárias e melhorias na nossa sociedade. Todos merecemos e ganhamos com isso!