Por: Bruno Guerra

14 de maio de 2020 Email Marketing, Marketing Digital, Mazag, Vendas Nenhum Comentário

Qualquer empresa que trabalhe com Marketing Digital precisa saber como captar clientes com e-mail marketing. Afinal, o trabalho via e-mail é essencial para converter visitantes em leads.

Atrair visitantes é um dos principais trabalhos em uma estratégia de Marketing Digital. No entanto, de pouco adianta ter milhares de visitas se elas não se converterem em novos leads ou clientes.

Por isso, é importante saber como captar clientes com e-mail marketing. Quer saber algumas estratégias de sucesso? Então siga a leitura abaixo!

Saiba como captar clientes com e-mail marketing de modo estratégico

Uma das principais falhas das empresas que não sabem como captar clientes com e-mail marketing é não usar o recurso de maneira estratégica.

Isso acontece porque a função do e-mail marketing é identificar os leads e oferecer uma estrutura de nutrição e contato para fechamento.

Sem considerar esses fatores, pouco importa se você tem 1.000 ou 10.000 e-mails na sua lista.

Quer ver um exemplo de como a visão estratégica ajuda nisso? Pense em uma empresa que vende impressoras de todos os tipos.

Essa empresa trabalha com duas personas principais: o público consumidor caseiro, que quer uma impressora para ter em casa, e um mini empreendedor que quer usar a impressora para produzir camisetas, canecas e outros itens.

Os dois públicos vão comprar no fim do mês, mas eles não se misturam. O material que serve para um, não serve para o outro.

Por isso, é importante montar duas listas e separar o público na hora de fazer e-mail marketing.

Isso pode ser feito com duas landing pages diferentes, uma oferecendo um ebook para quem quer aprender como empreender com camisetas e canecas e outro oferecendo desconto na compra de papel ou tinta para impressoras caseiras.

Além disso, é possível agir de maneira ativa também. Por exemplo, dá para usar o site CNPJ.biz para pegar todos os contatos de quem empreende com o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) para vender canecas, camisetas e outros objetos que usam impressoras e ver quais deles convertem para a sua lista.

Entenda que o público entra e sai do funil por todas as portas

Normalmente, quando falamos de funil de vendas ou de conteúdo, é normal pensar em uma estrutura rígida desse tipo:

  • O cliente é atraído pelos posts;
  • Converte em lead no estágio de conversão;
  • Vira cliente nos artigos ou material de fechamento.

No entanto, na vida real, não é assim que acontece. O funil é, na verdade, muito mais elástico e fluido do que isso.

É possível que as pessoas entrem no funil da sua empresa pelo meio e depois vão para o começo e daí para o fim.

Também é possível que entrem pelo fim, saiam pelo meio, fiquem 5 meses fora e depois voltem pelo começo.

Enfim, o público entra e sai de um funil por qualquer porta, em qualquer momento e seguindo sua vontade.

Em vez de achar isso desesperador, o melhor é pensar como captar clientes com e-mail marketing sabendo isso.

Uma estratégia é colocar pontos de conversão em cada estágio do funil, para “pegar” as pessoas que estão passando pelos vários pontos em vários momentos.

Faça um processo de qualificação de leads

Uma das dificuldades de como captar clientes com e-mail marketing é entender que nem todo lead é igual.

Alguns leads estão ali só porque receberam uma oferta de valor gratuita, como um ebook ou algo do tipo.

Já outros, estão porque realmente engajaram com a sua empresa e a sua produção de conteúdo.

É preciso entender que o primeiro grupo ainda precisa de mais trabalho antes de tentar convertê-lo em cliente, enquanto o segundo já está pronto.

Isso pode ser feito via um sistema de qualificação de leads que usará vários fatores, incluindo o engajamento anterior do lead com a sua estratégia, para identificar quais são aqueles que estão mais prontos para serem convertidos em clientes.

Realize um processo de nutrição de leads

Mas o que fazer com o grupo de leads que não tiver uma boa nota na qualificação? Descartar?

De jeito nenhum! Um grupo de leads que ainda não está pronto para ser transformado em clientes deve ser nutrido para que chegue a esse estágio.

Para isso, é importante produzir conteúdo qualificado e de valor, enviando-o para os seus leads.

O melhor é fazer uma estratégia automatizada, capaz de agir de maneira específica e personalizada com cada lead.

Vamos voltar ao exemplo da empresa que vende impressoras. Imagine que um membro da lista de leads com consumidores caseiros entra em um artigo que diz “Como consertar o Erro X da sua impressora”.

Isso indica que aquela pessoa:

a) Tem a impressora X;

b) Está com problema nela;

c) Precisa de ajuda.

Logo, é possível ativar um gatilho que vai enviar um e-mail dizendo algo como:

“Olá Fulano, tudo bem? Vi que você está com um problema na sua impressora X e precisa consertá-la. Aqui vão alguns guias ou conteúdos que vão ajudar nisso.”

Depois de alguns dias, você pode enviar outro e-mail dizendo isso:

“Olá Fulano, tudo bem? Você conseguiu consertar a sua impressora? Se sim, que bom. Se não, eu resolvi oferecer um vale de desconto para ajudar a comprar uma nova para você”.

Depois de mais alguns dias ainda, caso o cliente use o voucher, você pode mandar um e-mail com “X ideias do que usar na sua impressora nova”.

Dessa forma, o comportamento da pessoa vai automatizando o envio de conteúdo e permite que você possa nutrir aquele lead para ele fazer várias compras.

E aí, aprendeu como captar clientes com e-mail marketing? Então não esqueça de deixar um comentário abaixo com a sua opinião sobre o artigo!