O Que Precisa Estar no Planejamento Para a Black Friday?

A Black Friday é uma das datas mais esperadas pelos brasileiros para fazer compras.

Incluída em nosso calendário nos últimos anos, rapidamente caiu no gosto dos consumidores, que passaram a aguardar por novembro para aproveitar os descontos e fechar negócios

Se você tem um e-commerce, já sabe que estar na Black Friday é questão de estratégia. Mas o que precisa estar no planejamento para a Black Friday 2019?

Ações práticas para a Black Friday

Em 2019, a Black Friday acontece no dia 29 de novembro e a expectativa é que haja um aumento de consumo em relação ao ano anterior. 

Se a previsão estiver correta, os consumidores devem superar as vendas recordes de 2018, que atingiram R$ 2,1 bilhões somente nas lojas online. 

Ficar de fora da Black Friday, definitivamente, não é uma opção.

A boa notícia é que com ações práticas que você encontra a seguir, seus clientes vão ter bons motivos para fechar negócio. 

Anote o que precisa estar no planejamento para a Black Friday 2019 e comece a se preparar desde já!

Decida quais ofertas vão fazer parte da Black Friday

Se você tem uma loja online, tem como saber quais são os produtos mais buscados de seu e-commerce e quais são aqueles que não rendem tanto. 

Então, antes da Black Friday, é importante fazer um inventário de tudo o que você tem em estoque (e se precisa solicitar mais ao seu fornecedor) para identificar o que vai entrar na promoção

O interessante é fazer um mix entre os campeões de venda e aqueles itens que você deseja liquidar.

Pense em todos os pontos da jornada de compra

Quais são os processos internos e externos da sua loja? O que acontece desde que o produto entra no estoque até o momento em que o consumidor recebe em casa? Entender essas etapas é fundamental em um dia nacional de ofertas.

Para estar mais preparado, vale até mesmo avaliar sua margem de lucros e buscar por condições especiais com seus fornecedores, incluindo a questão do transporte. 

Lembre-se que após a Black Friday há uma sobrecarga de entregas e a última coisa que você quer é que seu cliente se sinta lesado por atrasos para receber a compra.

Central de atendimento treinada

Outro setor que merece reforço nessa época do ano é a central de atendimento. Muitos e-commerces tem atendentes de acordo com a demanda normal, mas na Black Friday mais pessoas entram em contato para tirar dúvidas antes de fechar a compra, o que exige uma equipe maior.

Importante: treine seus profissionais para realizar um ótimo atendimento e lembre-se de manter um certo número de atendentes após a Black Friday, já que é comum que os clientes queiram trocar ou desistir de uma compra.

Propaganda é a alma do negócio

Se o fato da Black Friday acontecer em todo país é positivo, pois faz com que o público esteja preparado, por outro lado aumenta a concorrência. E é aí que entra a divulgação! 

Aproveite as redes sociais da sua loja e até mesmo o seu banco de e-mails para comunicar preços especiais com uma certa antecedência.

Você pode até mesmo “adiantar” algumas ofertas que estarão disponíveis no dia 29 de novembro e, se possível, patrocinar publicações das redes sociais para alcançar ainda mais pessoas.

Dê um incentivo à mais ao cliente

Outro aspecto frequente da Black Friday é a quantidade de clientes em dúvida entre uma loja e outra. 

Para ajudar os consumidores, que tal dar um incentivo à mais? O cupom de desconto é uma ótima opção, porque permite que você ofereça um desconto, mas tenha certo controle da quantidade de uso e da validade.

O voucher promocional é interessante porque, para o cliente, esse cupom pode ser o elemento que faltava para fechar negócio

Vale até mesmo procurar os top sites de cupom de desconto para anunciar suas ofertas na página e atrair ainda mais clientes!

Mas e o consumidor? Como se preparar para a Black Friday?

Se você vai ser um dos brasileiros que pretende aproveitar a Black Friday para comprar um produto tão desejado, pode se beneficiar com algumas dicas para pagar ainda menos

Para começar, você pode se manter informado sobre os preços do produto que está de olho antes mesmo da data chegar, para ter uma base e avaliar se a oferta realmente está atrativa.

Outra dica é acompanhar suas lojas preferidas pelas redes sociais. 

É por meio destes canais que muitas promoções aparecem, seja anunciando determinados produtos ou com toda a loja em oferta com cupom de desconto. 

Inclusive, não compre nada sem buscar por cupom de desconto Black Friday! É uma forma prática e rápida de economizar um bom dinheiro.

Por fim, para não comprar o que você não precisa, vale fazer uma listinha identificando quais são os objetos de busca

Assim, você foca no que realmente importa e não tem risco de comprar itens extras. Economia completa para aproveitar ao máximo a Black Friday!